domingo, 4 de setembro de 2016

A GLOBALIZAÇÃO E OS SEUS REFLEXOS NEGATIVOS PARA A HUMANIDADE

Artigo de José Mauro Palhares e Tiago Alberto Silva

No presente artigo, iremos discorrer sobre os malefícios da globalização para a condição humana, uma vez que o homem, sobretudo das áreas periféricas, está à margem desse processo. Para tal intento, utilizaremos a cosmovisão do geógrafo Santos (2001) abordada no livro “Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal”. Pretendemos apontar como os países hegemônicos controlam a informação e o dinheiro, promovendo a exclusão, o individualismo e a desagregação, além de realçar a crise estrutural que permeia o mundo, sobretudo as sociedades periféricas que estão dependentes e submissas aos que detêm o capital fi nanceiro, e por fi m a problemática da competitividade, o consumo e a confusão dos espíritos que têm como consequência as percepções fragmentadas sobre a realidade vigente. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário