sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Professores e Educação Ambiental: implicações para o currículo

por Mara Rejane Vieira Osório

Resumo

Este texto é parte de uma pesquisa qualitativa que teve como instrumentos de coleta de dados questionário, entrevistas e observações.
O foco teórico seguiu contribuições dos estudos pós-estruturalistas que, na área da educação, vêm problematizando a questão do currículo e suas implicações produtivas. Discute a relação entre os professores e os discursos sobre Educação Ambiental movimentados pela Secretaria Municipal de Qualidade Ambiental (SQA) de Pelotas, Rio Grande do Sul (RS). Mostra que os discursos e as estratégias sobre a Educação Ambiental que essa secretaria movimentou acabaram influenciando os modos de pensar e agir dos professores em termos de Educação Ambiental. Defende que essa relação, entre professores e a SQA, ajudou a reforçar no espaço escolar um tipo de currículo de Educação Ambiental chamado currículo turístico.

Palavras-chave: Educação Ambiental; professores; discursos.

Disponível em: http://rbep.inep.gov.br/index.php/RBEP/article/viewFile/1776/1610

domingo, 3 de julho de 2011

Como aproveitar o momento

Minha definição para estratégia: é o meio utilizado para conciliar a situação presente com o futuro desejado. Gosto do verbo conciliar. Ele representa harmonia, tranquilidade, paz. E o que isso tem a ver com estratégia? Ora, tudo, pois pensar estrategicamente significa definir bem os objetivos a atingir e organizar-se para ter sucesso na empreitada. Isso inclui uma meticulosa análise das condições, dos recursos disponíveis e da distância a ser percorrida.

LEIA A MATÉRIA

Artigos - Luiz Carlos Cabrera | Qualidade de vida começa no trabalho

Cuide para que o tempo no trabalho lhe proporcione bem-estar

Vamos supor que você durma oito horas e que esteja acordado durante as 16 restantes. Faça uma conta rápida: desse período em que fica acordado, quanto tempo você passa no trabalho? Provavelmente sua resposta vai ficar dentro da média nacional, que está entre 65% e 70% do tempo. Porém, quando falamos em qualidade de vida muitas vezes desconsideramos o expediente diário.

LEIA A MATÉRIA

Artigos - Gil Giardelli | Pessoas do século 21, empresas do século 20

Qual é o espírito do nosso tempo? Vivemos tempos de colisão ou de convergência?

Vamos falar sobre o dilema da colaboração versus competição, sobre como gerar riquezas a partir da sabedoria das multidões, crowdsourcing. Como entender a participação sem a questão monetária envolvida, como aprender com as críticas e com os ciclos econômicos cada dia mais curtos? Será que as empresas desmontarão hierarquias, combaterão os egos e colocarão jovens em seus conselhos?

LEIA A MATÉRIA

sábado, 25 de junho de 2011

UTILIZAÇÃO DE AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM – AVAS: A BUSCA POR UMA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA

Autora: Wilmara Cruz Messa

REVISTA BRASILEIRA DE APRENDIZAGEM ABERTA E A DISTÂNCIA

RESUMO

Por meio desse estudo, pretende-se apresentar indicações de como ambientes virtuais de aprendizagem podem se tornar instrumentos capazes de garantir a aprendizagem significativa, tendo como objetivos claros na utilização dos mesmos por parte de instituições que oferecem educação a distância ou ensino online. Destaca-se a investigação de AVAs diversos, apontando ferramentas, facilidades e/ou as potencialidades tecnológicas e educacionais, especificamente aprofunda-se no Ambiente Virtual de Aprendizagem livre (Moodle - Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment), enfatizando o seu potencial para a aprendizagem colaborativa, a interação dialógico-problematizadora, interatividade, flexibilidade cognitiva em torno dos recursos e atividades educacionais.

Palavras-chave: Aprendizagem significativa, Tecnologias da Informação e da
Comunicação, Ambiente Virtual de Aprendizagem.

Texto Completo

sábado, 15 de janeiro de 2011

Tecnologia da informação e comunicação

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL LOCAL NA SOCIEDADE EM REDE: O POTENCIAL DAS NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

Fonte: Scielo